Numerologia da 1ª vogal do seu nome.

A 1ª vogal do seu 1º nome aponta para suas reações diante dos estímulos e acontecimentos no dia a dia, ou como pensaremos e nos comportaremos.



A vogal "A", com o valor numérico de um, é mental em aspecto, mas é também emocional, pois traz consigo muito sentimento. Como primeira vogal é progressista, aventurosa, independente e original. Tendo espírito pioneiro, empurrará para a frente. Se A é a primeira vogal do nosso primeiro nome, estaremos interessados em idéias novas, mas preferiremos que elas venham de nossa mente fértil do que de outra, porque gostamos de ser criativos. Temos prazer em nos sentir diferentes. Defenderemos nosso ponto de vista mesmo que o mundo inteiro se opusesse a ele. Já que nos recusamos ser dirigidos, aceitaremos conselhos apenas quando eles coincidirem com aquilo em que já acreditamos ou que simplesmente confirmem nossa própria opinião. "A", atrai novos contatos, novas oportunidades e novas atividades que envolvam mudanças. Desejamos romper com o antigo, ou tentar tradições e empreendimentos arriscados no desconhecido. Se nossa primeira vogal for A, devemos evitar mostrar-nos dominadores, teimosos e donos de falso orgulho. Devemos aprender a ser tolerantes, sem com isso perdermos nossa individualidade.

A vogal "E", com o valor numérico de cinco, é física em aspecto e relacionada com os cinco sentidos. Foi rotulada de tempero da vida, porque gosta de variedade, de mudanças e de açao. Se nossa primeira vogal for E, desejamos liberdade acima de tudo, para nos desenvolvermos, mas não devemos romper as regras para obtê-la. E é chamado o número da experiência e ocorre nos nomes com maior frequência do que qualquer outra vogal ou letra. Sob o E o inesperado é a regra. Muitos problemas se erguem por causa de sua ação precipitada. Se E for a sua primeira vogal, o contato com o público lhe trará satisfação e muitas vezes viagens. O dinheiro dá um jeito de ser abundante num momento e escasso em outro, porque "fácil-vem-e-fácil-vai" é a atitude de um E. A sociedade matrimonial pode ser instável, e o lar pode sofrer devido à flutuante forma volúvel de viver e às ações impulsivas. As experiências da vida, que serão muitas, são representadas corno que num palco ou numa casa de vidro. Teremos muitas condições, oportunidades e problemas excitantes. Portanto, devemos nos con¬servar atualizados, porque podemos enfrentar o inesperado, momen¬taneamente. Devemos aprender a dominar tentações ou excessiva permissividade, especialmente em relação ao sexo oposto. Devemos nos resguardar de excesso de inquietação e mutabilidade, especialmente em assuntos de amor e de especulação.

A vogal "I", que tem o valor numérico de nove, deve cultivar o amor e a compreensão universais. Se a primeira vogal do nosso nome for I, somos intensos, emocionais e temos abundância de energia vital. Somos a lei dentro de nós mesmos. Se temos muitos "Is" em nosso nome, seremos sensíveis a ponto de nos mostrarmos melindrosos, mas seremos bondosos. Essa vogal pode trazer delongas, porque é dualística e repetidora. É genial ou vagabunda, espalha luz ou terror. Ou é tranquila, enérgica e sabe ajudar, ou extravagante e egoísta. Um I é quase sempre indiferente ou aborrecido, embora tenha muitos talentos. Não gosta de mudanças, porque não gosta de tentar nada novo. Prefere aperfeiçoar o que conhece, e então agarra-se ao método tentado, repetindo-o constantemente. O coração e a paixão governam a mente do I. Se for bem desenvolvido, ele é bondoso e gosta de servir a humanidade; se não, é autocentralizado e auto-indulgente. A vogal "I", atrai fortuna e proteção. Tem capacidade para compreender as necessidades dos outros, e assim pode pavimentar a estrada para o sucesso e a fortuna. Se I fracassar, será devido a excesso de otimismo, que o levará a cometer erros. Se seu senso intuitivo for desenvolvido, terá talento criativo. Deve evitar mostrar-se mal-humorado, porque isso pode levar à perda de oportunidades.

Vogal "Y" com som de "I"

A primeira vogal "Y", com valor numérico de sete, pode ser usada tanto como vogal como na qualidade de consoante. Se não houver outra vogal na sílaba, então Y será sempre vogal. É mais inclinada a encostar-se do que a ser dominadora e independente. Embora precise de proteção, costuma envolver-se em disfarce. "Y", é introspectiva. Sendo fortemente intuitiva, deveria seguir seus pressentimentos. A força de Y é intelectual e lógica. Y está muitíssimo ligada à natureza, mas tem dificuldade em se expressar livremente. Se a primeira vogal de nosso nome for Y, podemos ganhar muito sendo dotados de tato e diplomacia, sabendo quando falar e quando ficar calados. Gostamos de penetrar nas profundidades para ganhar conhecimento em fenômenos psíquicos. Um Y merece ser cultivado. Com nossa disposição para o segredo, podemos manter muitas coisas para nós mesmos, recusando partilhar nossos segredos mesmo com o nosso amigo ou parente mais chegado. Gostamos de passar algum tempo sozinho, em quietude e reflexão. Um Y é difícil de se entender, porque gosta de esconder seus sentimentos. Admira as atividades intelectuais e a coragem mental. Devemos aprender a ser discriminadores, de outra maneira podemos ser enganados pelas aparências. Um Y torna-se desenvolvido através do estudo silencioso, da oração, da observação, da meditação. Se viver negativamente, não terá tato, nem análise, nem conhecimentos.

A vogal "O", com o valor numérico de seis, é mais feliz quando dá conselhos aos outros, ou fazendo-lhes recomendações. O gosta de ser útil, e é, essencialmente, professor ou pai (ou mãe). Se nossa primeira vogal é O, precisamos de responsabilidade para nos sentirmos importantes. Queremos uma oportunidade para brilhar no lar e na comunidade. Devemos evitar discussões. Embora gostemos de tentar convencer os outros de que temos razão, muitas vezes despertamos antagonismo. Se precisarmos discutir, cuidemos de fazê-lo com tato. Já que somos excelentes anfitriões e bons cozinheiros, as pessoas esperam, com prazer, um convite para reunião em nossa casa. Somos interessados em melhoramentos. O interesse da vogal O está em negócios de há muito estabelecidos. Isso lhe dá uma oportunidade ou desejo de se instalar num lugar e dali não precisar mover-se. O precisa de beleza e harmonia em seu ambiente e gosta de trabalhar num jardim. A primeira vogal O nos dá oportunidade de servir à comunidade. Muitas vezes é ligada ao tradicional. Muitos Os do tipo construtivo têm talento para a música, para as artes e para a poesia. Excesso de Os indica teimosia, lentidão e desalento.

Se a primeira vogal do nosso nome for "U", nossa abordagem é, essencialmente, a de uma pessoa despreocupada, jovial e feliz. Já que somos notáveis em respostas espirituosas, podemos nos qualificar como oradores de sobremesa, porque teremos o dom de usar a palavra com eficácia. Muita gente gosta de nós, e somos bons amigos, em retorno. Podemos atrair experiências peculiares, sofrendo por causa disso. Somos amantes da natureza e gostamos de fazer com que flores e plantas cresçam profusamente. Somos bons juízes de perfumes e antiguidades. Alguns Us gostam muitíssimo do estudo e da análise mental. Nomes com U na primeira vogal são emocionais. Podem expressar-se em várias linhas. São artísticos e muitas vezes engajam-se numa profissão relativa. Devem dirigir seus esforços, com força de vontade férrea para combater sua excessiva qualidade emocional. Muitas vezes sucumbem a amores não convencionais. "U", deseja expandir-se e fazer algo diferente. O sucesso de um U virá através de atividade criativa. Auto-aperfeiçoamento é a sua tônica. São, habitualmente, encantadores e populares em grupos, porque oferecem amor e amizade aos outros. U é conservador e não busca iniciativas. Deve confiar em sua intuição. Um U desenvolvido lutará pelo erguimento da humanidade. Se viver negativamente, será egoísta e terá estreiteza mental.

Consoante "W" com som de vogal "U"

A letra "W" nunca é usada sozinha, como primeira letra vogal. Ocorre apenas em combinação com outra vogal, e cada uma delas tem reconhecimento idêntico. Exemplo: William, lê-se: Uilliam. Quando W é usado como combinação vogal, é dualística em sua natureza e pode ser uma força para o bem como para o mal. É um seguidor e não um líder.





Conteúdo exclusivo ESOTÉRICA® cdrom/app © todos os direitos reservados.
Parcerio de conteúdo © Editora Pensamento. BMGV © 1995.
DMCA.com Protection Status